EXPOSIÇÃO “PULSA”

EXPOSIÇÃO “PULSA”

Oi, pessoal do Esquema Novo, bom dia!

Personagens que fazem parte do imaginário das pessoas são desconstruídos e reconstruídos pelo artista Avilmar Maia na exposição Pulsa, que será exibida na Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura a partir da próxima terça-feira, dia 5 de fevereiro.

Em um processo intuitivo de criação, ícones de ação e de animação, famosos nos quadrinhos, TV e cinema, como Hulk, Super-Homem, Minnie, Buzz Lightyear, de Toy Story, são usados como matéria-prima para a produção das 19 obras que instigam reflexões sobre crenças, mitos e símbolos da sociedade contemporânea. A proposta do artista é desconstruir miniaturas que traduzem conceitos pré-estabelecidos pela indústria cultural. As novas configurações propostas trazem ao público a possibilidade de novas interpretações, sensações e críticas. Na obra “Gaia”, por exemplo, o corpo do Super-Homem recebe a cabeça da Minnie – um corte e colagem radicais de dois consagrados personagens da cultura ocidental.

A exposição fica em cartaz até dia 31 de março, com entrada gratuita.

Abaixo, os detalhes.

Abraços,
Raquel.

CASA FIAT DE CULTURA APRESENTA EXPOSIÇÃO “PULSA” NA PICCOLA GALLERIA

Ícones das animações ganham novas configurações e levantam questionamentos acerca da sociedade contemporânea

Personagens que fazem parte do imaginário das pessoas são desconstruídos e reconstruídos pelo artista Avilmar Maia na exposição Pulsa. A mostra conta com 19 obras e será exibida na Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura de 5 de fevereiro de 2019 a 31 de março de 2019. Em um processo intuitivo de criação, ícones de ação e de animação, famosos nos quadrinhos, TV e cinema, como Hulk, Super-Homem, Minnie, Buzz Lightyear, de Toy Story, são usados como matéria-prima para a produção das obras que instigam reflexões sobre crenças, mitos e símbolos da sociedade contemporânea.

A proposta do artista é desconstruir miniaturas que traduzem conceitos pré-estabelecidos pela indústria cultural. As novas configurações propostas, associadas algumas vezes ao nome escolhido para a obra, trazem ao público a possibilidade de novas interpretações, sensações e críticas. Na peça “Carochinha”, por exemplo, em uma estranha montagem, a miniatura de um porco ganha uma cabeça de pelúcia do Pluto, o cachorro do Mickey Mouse.

Outra característica presente nas peças é a fusão de personalidade. Em “Gaia”, por exemplo, o corpo do Super-Homem recebe a cabeça da Minnie – um corte e colagem radicais de dois consagrados personagens da cultura ocidental. Para o artista, as pessoas precisam encontrar as próprias referências, para perceber seu trabalho de forma mais crítica ou lúdica. “Isso é uma experiência subjetiva, cada um interpreta a sua maneira”, afirma Avilmar.

Para criar as obras, o artista – que tem formação em medicina – utiliza recursos como cortes, enxertos, transplantes, suturas, entre outros, para desmontar e recombinar os objetos em cenas que também retomam memórias da infância. “Quando eu escolho esses objetos eles já não são mais brinquedos e se transformam em matéria-prima. Eles adquirem outra dimensão”, declara. Ao fragmentar os elementos para construção das obras, o artista propõe a discussão de diversas narrativas e símbolos da sociedade, processo marcante da arte contemporânea.

Uma das vertentes do título Pulsa vem de uma derivação de “pulsão”, termo freudiano que indica o conceito limite entre o somático e o psíquico, uma agitação interna, presente em todos nós. “Minha linha de pesquisa talvez esteja aí, nesse ponto-limite, entre o corpo e a mente. Essa agitação interna pulsional retorna dando vida aos brinquedos”, explica Avilmar.

A mostra abre o ciclo de exposições do 3º Programa de Seleção da Piccola Galleria, da Casa Fiat de Cultura para 2019. “O espaço reforça o compromisso da Casa Fiat de Cultura com o cenário cultural e propõe novas reflexões e experiências por meio da interação do público com a arte contemporânea. Nosso propósito é também abrir espaço para a produção artística brasileira e revelar suas tendências”, afirma o presidente da Casa Fiat de Cultura, João Ciaco.

A exposição Pulsa é uma realização do Ministério da Cidadania, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e da Casa Fiat de Cultura, com o patrocínio da Fiat Chrysler Automóveis (FCA), Fiat Chrysler Finanças e Banco Safra. A exposição conta com apoio institucional do Circuito Liberdade, Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (Iepha), Governo de Minas e Governo Federal.

Avilmar Maia

Nascido em Montes Claros, em 1970, região norte de Minas Gerais, Avilmar Maia é graduado em Medicina pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Desde a infância ele já demonstrava gosto pela arte. Entre 2010 e 2014, quando veio para Belo Horizonte para fazer especialização em psiquiatria pela Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (FHEMIG) e mestrado em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), decidiu tornar-se artista. Fez cursos na Escola Guignard, na Faculdade de Belas Artes da UFMG e no Museu Inimá de Paula. Desde então realiza exposições coletivas no Brasil e no exterior, tendo passado pela capital mineira, Curitiba (PR), França, EUA e Finlândia.

Piccola Galleria

O espaço é destinado a novos artistas e foi criado em 2016 com o intuito de incentivar a produção nacional e internacional. Os artistas são selecionados por uma comissão de especialistas que, nesta edição de 2019, foi integrada pelo curador Marconi Drummond, pela artista plástica Nydia Negromonte e pelo arquiteto Paulo Waisberg. A proposta é apresentar e destacar trabalhos inéditos – pinturas, desenhos, gravuras, esculturas, fotografias, instalações, performances e/ou videoarte – de artistas locais, brasileiros ou estrangeiros.

Em três programas de seleção, a Piccola Galleria recebeu 207 inscrições e, entre 2016 e 2018, já apresentou o trabalho de 12 artistas, 187 obras de arte e recebeu mais de 120 mil visitantes. A sala expositiva é um ambiente dedicado às artes visuais e sua criação marcou os 10 anos da Casa Fiat de Cultura. Situada ao lado do painel “Civilização Mineira”, de Candido Portinari, no hall principal da Casa Fiat de Cultura, o pequeno recinto é destinado a exposições de curta duração, mas com toda a visibilidade que a instituição enseja. Local intimista e com grande circulação de público, conta com a chancela da Casa Fiat de Cultura e do Circuito Liberdade, um dos mais importantes corredores culturais do país.

Seis artistas foram escolhidos no 3º Programa de Seleção da Piccola Galleria. A exposição PULSA, de Avilmar Maia, iniciará o novo ciclo de mostras. Na programação do ano também estão previstas: “Tudo é Eco no Universo” (Augusto Fonseca), “Pequena rota do insuspeitável” (Cyro Almeida), “Sagoma” (Henrique Detomi), “Mau olhado – bem olhado” (Janaína Barros e Wagner Leite) e “Inventário” (Luiza Nobel).

Casa Fiat de Cultura

A Casa Fiat de Cultura cumpre importante papel na transformação do cenário cultural mineiro, ao realizar as mais prestigiadas exposições do Brasil. A programação estimula a reflexão e interação do público com várias linguagens e movimentos artísticos, desde a arte clássica até a arte digital e contemporânea. Por meio do Programa Educativo, a instituição articula ações para ampliar a acessibilidade às exposições, desenvolvendo réplicas de obras de arte em 3D, materiais em braile e atendimento em libras. Mais de 40 mostras de consagrados artistas brasileiros e internacionais, já foram expostas na Casa Fiat de Cultura, entre os quais Caravaggio, Rodin, Chagall, Tarsila, Portinari entre outros. Há 13 anos, o espaço apresenta uma programação diversificada, com música, palestras, residência artística, além do Ateliê Aberto – espaço de experimentação artística – e de programas de visitas com abordagem voltada para a valorização do patrimônio cultural e artístico. A Casa Fiat de Cultura é situada no histórico edifício do Palácio dos Despachos e apresenta, em caráter permanente, o painel de Portinari, Civilização Mineira, de 1959. O espaço integra um dos mais expressivos corredores culturais do país, o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte. Mais de 2,5 milhões de pessoas já visitaram suas exposições e 400 mil participaram de suas atividades educativas.

 

SERVIÇO

Exposição PULSA – Avilmar Maia na Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura                                                                                                                                                      

5 de fevereiro a 31 de março

Terça a sexta, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

Entrada gratuita

Casa Fiat de Cultura

Circuito Liberdade

Praça da Liberdade, 10 – Funcionários – BH/MG

Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h às 21h – Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

Informações

(31) 3289-8900

www.casafiatdecultura.com.br

casafiat@fcagroup.com

facebook.com.br/casafiatdecultura

Instagram: @casafiatdecultura

Twitter: @casafiat

www.circuitoculturalliberdade.com.br

Data

13/02/19

Custo

GRATUITO

Mais Informações

Leia Mais
Categoria
QR Code

No Comments

Leave a Reply

NOSSO TIME

EXPEDIENTE


O ESQUEMA NOVO é feito por esta equipe supimpa!
#ESQUEMANOVO

REDES SOCIAIS


SEMPRE QUE PRECISAR

FALE CONOSCO


Dúvidas, elogios, envio de material, palpites
e até mesmo xingamentos por aqui!

INSTAGRAM