CONEXÃO 77

CONEXÃO 77

A década de 70 ofereceu ao Brasil uma singular geração de músicos e compositores, com trabalho multifacetado e eloquente. É justamente aí que a chamada MPB, surgida na década anterior, encontra seu ponto de maturação. Para celebrar quatro décadas do lançamento de quatro importantes álbuns: Espelho cristalino, de Alceu Valença; Carmo, de Egberto Gismonti; Tiro de misericórdia, de João Bosco, e Maria Fumaça, da banda Black Rio, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) promove “Conexão 77 – 4 discos mágicos de 1977” com curadoria e direção artística de Luís Filipe de Lima . A série de quatro shows será entre os dias 14 e 17 de novembro, às 20, 30 e promove releituras inéditas destes quatro discos, feitas por importantes nomes da cena musical contemporânea: Pedro Luís(Espelho Cristalino); André Mehmari e Antonio Loureiro (Carmo); Verônica Ferriani (Tiro de Misericórdia) e Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz(Maria Fumaça).

O projeto oferece ainda a palestra gratuita “A MPB dos anos 70: uma ponte para o futuro”, com o jornalista, crítico de música e cinema, Hugo Sukman. O encontro será no dia 15 de novembro, às 15h. Além de idealizador e curador de diversos espetáculos que referenciam a música brasileira, o palestrante é autor do livro “Histórias paralelas: 50 anos de música brasileira” (Casa da Palavra). As senhas podem ser retiradas na bilheteria, uma hora antes do evento, mediante lotação do espaço.

Para o curador e diretor artístico da série, Luís Filipe de Lima – músico, maestro e pesquisador, muitas são as correntes musicais que se desenvolvem de maneira original nos anos 70, fazendo aflorar trabalhos ligados a correntes regionais como a nova música mineira do Clube da Esquina, a produção de compositores-intérpretes nordestinos, o amadurecimento artístico dos compositores do eixo Rio-São Paulo, surgidos nos festivais universitários da década de 60, quanto obras singulares.

“Essa riqueza inspiradora proporcionada pela década de 70, no plano da música brasileira, está presente nos quatro trabalhos celebrados pela série Conexão 77. Os shows compõem um painel rico e diverso, revisitadas por figuras de grande expressão na nova cena musical brasileira”, comentou Luís Filipe de Lima.

Luís Filipe reforça ainda que, “além da comemoração desses importantes discos, a série pretende aproximar o público com o ambiente instigante da criação musical na década de 70, em que trabalhos singulares nasceram e tiveram a chance de ser projetados em larga escala pela indústria cultural, numa perspectiva essencialmente oposta à de hoje”, finalizou o curador.

Programação completa:

 

Palestra

15 de novembro às 15h: “A MPB dos anos 70: uma ponte para o futuro”, com o jornalista Hugo Sukman.

 

Shows

14/11 (quarta) às 20h30: Espelho Cristalino (de Alceu Valença), com Pedro Luís e banda

 

15/11 (quinta) às 20h30: Carmo (de Egberto Gismonti), com André Mehmari (piano) e participação de Antônio Loureiro (voz)

 

16/11 (sexta) às 20h30: Tiro de misericórdia (de João Bosco), com Verônica Ferriani, acompanhada de Swami Jr. (violão de sete cordas) e Felipe Roseno (percussão)

17/11 (sábado) às 20h30: Maria Fumaça (da Banda Black Rio), com Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz, arranjos e regência de Letieres Leite

A palestra é gratuita e as senhas podem ser retiradas na bilheteria, uma hora antes do evento, mediante lotação do espaço. Os ingressos para os shows podem ser adquiridos na bilheteria do teatro. Na internet, as vendas são pelo site: www.eventim.com.br.

SERVIÇO
Realização: BANCO DO BRASIL

Conexão 77 – 4 discos mágicos de 1977

Local: CCBB Belo Horizonte

Endereço: Praça da Liberdade, 450 – Funcionários

Palestra

15 de novembro, às 15h: A MPB dos anos 70: uma ponte para o futuro, com Hugo Sukman.

Ingressos: gratuitos, retirados na bilheteria 1 hora antes do evento. Sujeito a lotação do espaço.

Shows

14 de novembro, às 20h30:  Espelho Cristalino (de Alceu Valença), com Pedro Luís e banda

15 de novembro, às 20h30:  Carmo (de Egberto Gismonti), com André Mehmari (piano) e participação de Antônio Loureiro (voz)

16 de novembro, às 20h30: Tiro de misericórdia (de João Bosco), com Verônica Ferriani, acompanhada de Swami Jr. (violão de sete cordas) eFelipe Roseno (percussão)

17 de novembro, às 20h30: Maria Fumaça (da Banda Black Rio), com Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz, arranjos e regência de Letieres Leite

Ingressos para cada show: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Meia-entrada para clientes e funcionários do BB, estudantes, maiores de 60 anos, pessoas com deficiência e jovens entre 19 e 25 anos, comprovadamente carentes). Os ingressos começam a ser vendidos dia 7 de novembro na bilheteria do CCBB de quarta a segunda, das 9h às 21h ou pelo site www.eventim.com.br.

Classificação indicativa: 12 anos

Acesso para pessoas com necessidades especiais

Acompanhe nas Redes:

www.facebook.com/ccbb.bh/

www.instagram.com/ccbbbh/

www.culturabancodobrasil.com.br/portal/belo-horizonte/

Data

14/11/18

Tempo

20:30

Custo

R$30 (inteira) / R$15 (meia)

Mais Informações

Informações e ingressos

Localização

CCBB
Praça da Liberdade
Categoria
QR Code

No Comments

Leave a Reply

NOSSO TIME

EXPEDIENTE


O ESQUEMA NOVO é feito por esta equipe supimpa!
#ESQUEMANOVO

REDES SOCIAIS


SEMPRE QUE PRECISAR

FALE CONOSCO


Dúvidas, elogios, envio de material, palpites
e até mesmo xingamentos por aqui!

INSTAGRAM