CIRCUITO DO ROCK: DIA MUNDIAL DO ROCK

CIRCUITO DO ROCK: DIA MUNDIAL DO ROCK

Acredite, o rock está mais vivo do que nunca!

E para homenagear o mais popular dos gêneros musicais do planeta, o Circuito do Rock – que gere as casas Lord Pub e Jack Rock Bar – promove, pela 16ª vez, uma grande festa em virtude do Dia Mundial do Rock, comemorado sempre no dia 13 de julho.

Após o imenso sucesso da edição do ano passado, em que todos os ingressos foram vendidos antecipadamente, a festa oficial do Circuito do Rock volta a acontecer no Bud Basement, que funciona em um galpão na Rua Itambé, 200, ao lado da linha do metrô, no bairro Floresta.

Desta vez o evento será ainda mais grandioso, com dois dias de programação, em 12 e 13 de julho.

Raimundos, na sexta-feira, e Tianastácia, no sábado, encabeçam o line up, que também conta com seis importantes bandas locais, que, com os seus shows tributo, homenageiam ícones de todas as fases do rock n’ roll.

Na sexta-feira, 12 de julho, o evento começa às 21 horas, e as apresentações ficam a cargo de Poison Gas, Seu Madruga e Raimundos.

A Poison Gas será a primeira a subir ao palco. Formada por quatro garotos com idades entre 13 e 14 anos, a banda sensação de Belo Horizonte apresenta composições próprias mescladas a clássicos de grandes bandas da história do rock, a exemplo de Queen, Pink Floyd, Led Zeppelin e Red Hot Chili Peppers.

Depois é a vez do Seu Madruga, com seu irretocável e fidedigno tributo aos australianos do AC/DC. Sucessos como “Highway To Hell”, “Back in Black” e “Hells Bells” estão garantidos no set list do grupo.

Quem fecha a noite de sexta-feira é uma das maiores bandas brasileiras de rock de todos os tempos: Raimundos!

Para celebrar os 25 anos do lançamento do primeiro disco, o conjunto brasiliense traz de volta ninguém menos que um dos fundadores da banda, o baterista da formação original Fred Raimundo.

O primeiro álbum, que leva o nome da banda, ganhou disco de ouro e trouxe sucessos como “Selim”, “Puteiro em João Pessoa” e “Nega Jurema”.

Além das músicas deste trabalho, os Raimundos prometem tocar no Bud Basement clássicos de sua bem sucedida carreira, como “Mulher de Fases”, “I Saw You Saying (That You Say That You Saw)” e “Eu Quero Ver o Oco”. Canções que marcaram toda uma geração nos anos 1990.

Quem anima a pista nos intervalos entre as apresentações é o DJ Motoca, com seu set recheado de cremosidades de grandes ícones do gênero.

No sábado, 13 de julho, Dia Mundial do Rock, a programação tem início previsto para as 17 horas.

Neste dia o festival está escalado com Tianastácia, Singles, Metallica Cover Brazil, Lurex e Velotrol.

A Singles será a primeira a se apresentar, com o seu irrepreensível tributo ao Pearl Jam. A fidelidade do repertório e da timbragem dos instrumentos é tanta, que a Singles é a única banda tributo no planeta autorizada pelo próprio grupo de Seattle. Não se assuste com a semelhança do vocalista Daniel Lima com Eddie Vedder.

Os fãs de rock vão ter a oportunidade de sentir o peso do Metallica Cover Brazil, a reencarnação brasileira da banda de James Hetfield e de Lars Ulrich. Liderada pelo vocalista Alexandre Mello, a banda tem em sua formação o baixista Jairo Guedz, um dos fundadores do Sepultura. Os clássicos estão garantidos no repertório: “Enter Sandman”, “Sad But True”, “Nothing Else Matters” e muito mais.

Quem encabeça o line up de sábado é o Tianastácia.

Para a banda, o show terá um sabor especial, já que será a primeira vez que o grupo executará sua nova e linda canção “Bom Dia, Amanhã”,carro-chefe de seu 11º álbum de estúdio, em fase final de produção.

“A nossa expectativa é tremenda, já que no novo disco conseguimos capturar a real essência da banda. Estamos bem maduros, exatamente no lugar onde gostaríamos de estar artisticamente, e lançar a nova música no Dia Mundial do Rock é algo muito importante para o Tia”, comenta o vocalista Podé Nastácia.

Nos últimos 20 anos, a histórica banda belo-horizontina emplacou sucessos como “O Sol”, “Fora de Controle”, “Conto de Fraldas” e o hino “Cabrobró”, com o seu famoso refrão: “se o cara nasce mané, cresce mané, morre mané, mané…”

Após o Tianastácia, é a vez da Lurex subir ao palco do Bud Basement.

O quarteto formado por Reinaldo Amand (vocal e teclado), Fil Ferrer (guitarra), Fran Lurex (baixo) e Renato Amand (bateria) entoará, com a ajuda do público, os grandes êxitos do Queen. De “We Are The Champions” a “Love Of My Life”, passando por “Somebody To Love”, “Under Pressure” e “Bohemian Rhapsody”, música que dá nome ao filme sobre a banda que abocanhou quatro estatuetas do Oscar este ano, incluindo a de melhor ator para Rami Malek.

O Dia Mundial do Rock nasceu justamente em um festival, no dia 13 de julho de 1985, quando o Live Aid reuniu ícones do estilo simultaneamente em Londres e na Filadélfia. Paul McCartney, Madonna e Led Zeppelin foram alguns dos artistas que se apresentaram no evento de cunho beneficente. E ainda teve Queen, que fez um dos shows mais aclamados do Live Aid.

Pra fechar com chave de ouro a programação do sábado, o Velotrol sobe ao palco do Bud Basement para destilar sucessos de todas as gerações do rock. Beatles, Rolling Stones, Creedence e R.E.M., entre outros dinossauros, serão muito bem representados pela banda liderada por Elvis Krause.

No sábado, as pick-ups ficam por conta do DJ Jaka.

E como este ano o Dia Mundial do Rock será maior do que nunca, ainda haverá uma programação especial no Jack Rock Bar e no Lord Pub, totalizando 22 atrações nas casas do grupo e no Bud Basement.

“Nós sempre comentamos que o Dia Mundial do Rock é uma espécie de natal dos roqueiros, ou seja, é a data mais importante do ano pra muita gente. Sendo assim, sentimos que era uma missão do Circuito do Rock marcar esta data no calendário de BH, já que mantemos a chama do rock acesa há mais de 15 anos”, explica Gustavo Jacob, sócio-proprietário do Circuito do Rock.

Os ingressos para o Dia Mundial do Rock no Bud Basement BH estão disponíveis pelo Sympla.

Duas grandes bandas de repercussão nacional, mais seis grupos locais que, com seus tributos, homenageiam todas as fases do rock, tudo isso em um local que remete à ideia de “underground”, como os porões de Nova Iorque, mas com uma super estrutura, é bom salientar. Esta soma faz desta a festa em referência ao Dia Mundial do Rock mais esperada da cidade!

Vida longa ao rock n’ roll!

Bud Basement

O Bud Basement foi montado este ano no mesmo galpão onde funcionou durante a Copa do Mundo de 2018.

Além das tradicionais festas, a programação conta com estúdio de tatuagem, sala de jogos com quadra, pebolim, pingue-pongue e muita música.

Esta reunião de atividades interativas, música e entretenimento acontecerá até este mês de julho em Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador e São Paulo.

DIA MUNDIAL DO ROCK – CIRCUITO DO ROCK & BUD BASEMENT

Datas: 12 e 13 de julho (sexta e sábado).

Atrações 12 de julho: Poison Gas (rock n’ roll), Seu Madruga (AC/DC) e RAIMUNDOS.

Local: Bud Basement (Rua Itambé, 200 – Floresta).

Início do evento: 21 horas.

Ingressos: R$40 (2º lote).

Contato: 3223-0090.

Atrações 13 de julho: Singles (Pearl Jam), Metallica Cover Brazil, TIANASTÁCIA, Lurex (Queen) e Velotrol (clássicos do rock).

Local: Bud Basement (Rua Itambé, 200 – Floresta).

Início do evento: 17 horas.

Ingressos: R$40 (2º lote).

Contato: 3223-0090.

Data

14/07/19

Custo

R$40 (por dia)

Localização

Bud Basement
Rua Itambé, 200 – Floresta
Categoria
QR Code

No Comments

Leave a Reply

NOSSO TIME

EXPEDIENTE


O ESQUEMA NOVO é feito por esta equipe supimpa!
#ESQUEMANOVO

REDES SOCIAIS


SEMPRE QUE PRECISAR

FALE CONOSCO


Dúvidas, elogios, envio de material, palpites
e até mesmo xingamentos por aqui!

INSTAGRAM


This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.